fechar
Marketing Digital

6 Ferramentas para gerir as mídias sociais da sua empresa

Começar um negócio muitas vezes pode ser intimidador, mas saber o caminho certo a seguir pode tornar o trabalho muito mais fácil.

Se você tem um negócio, algo que provavelmente não sobra é tempo.

Em alguns casos, é natural que você não consiga investir muito tempo para colocar em prática o seu plano estratégico de marketing digital, mas ainda assim recomendo a leitura deste artigo, e espero que as dicas, que foram testadas por mim, sejam úteis para você impulsionar a sua presença no ambiente digital por meio das mídias sociais.

Se você busca maneiras de conectar-se verdadeiramente com o seu público, e construir relacionamentos duradouros com ele, as mídias sociais podem ser uma excelente parceria.

Por meio delas é possível introduzir a sua marca num ambiente no qual não existem barreiras de localização, com um baixo custo de investimento, comparado a outras mídias tradicionais nas quais o resultado nem sempre é o esperado.

Essa fórmula pode dar visibilidade ao seu negócio, fortalecer a identidade da sua marca e, espero, impulsionar as conversões em retorno.

Pensando em tudo isso, decidi compartilhar as principais ferramentas que utilizo para fazer gestão das mídias sociais de uma empresa. É claro que cada situação é única, cada leitor tem uma realidade, então faça adaptações, teste, avalie e melhore, sempre, combinado?

Plano de Mídia Social

Em primeiro lugar, quero fazer uma pergunta: O que você espera alcançar ao usar as mídias sociais para o seu negócio?

Sempre questione-se antes de buscar ferramentas que podem atender às suas necessidades. Não faz nenhum sentido estar em todas as mídias sociais se você não sabe o que quer alcançar, ou qual é o público que pretende atingir.

Meu objetivo, neste momento, não é construir um plano de mídias sociais para o seu negócio. Parto do princípio de que você já tem presença em redes sociais, talvez no Twitter, no Facebook, no LinkedIn e/ou no Google+. E também suponho que você já tenha um site ou um blog.

Mas se você precisa de inspiração para criar estratégias para atrair mais clientes, leia o artigo “17 Maneiras de Atrair Mais Clientes para a sua Pequena Empresa”.

Uma das grandes vantagens ao publicar nas redes sociais é direcionar o tráfego para o seu site ou blog, e mostrar que você tem autoridade naquele assunto, ou seja, que você tem conhecimento a respeito daquele assunto.

Além disso, eu não quero falar apenas sobre as principais ferramentas de gerenciamento de mídia social, tais como Bufferapp ou Hootsuite. Essa é uma decisão que requer uma análise, já que você precisará decidir qual plataforma vai usar, e qual é o investimento que está disposto a fazer.

Vamos lá?

1. Google Analytics

Se você tem um site ou um blog, então, provavelmente, você já instalou o Google Analytics, e se ainda não tem, faça hoje mesmo!

O Google Analytics foi lançado em novembro de 2005, e é um produto de análise totalmente gratuito.

Isso significa que ele pode informar quantas visitas o seu site ou blog recebeu em determinado período, quantos visitantes ele teve, de onde eles são, quanto tempo permaneceram em cada página, de onde os acessos vieram, e muito mais!

O Google Analytics foi radicalmente modificado em 2011 para incluir dashboards personalizados, estatísticas em tempo real, e também tem um poderoso relatório de análise de mídia social disponível na ferramenta.

Se você não acompanhar as suas visitas e os visitantes em seu site, então como poderá dizer se a sua presença nas mídias realmente está fazendo diferença?

2. Bit.ly

O Bit.ly é um encurtador de URL, ou seja, ele vai reduzir uma URL extensa, por exemplo, vai transformar http://www.implantandomarketing.com/as-gondolas-do-varejo-nao-sao-mais-como-antigamente/ em algo mais curto, http://bit.ly/.

Ou, se você preferir, pode personalizar a URL com as palavras-chave da publicação: <http://bit.ly/gondolas-varejo>. Algo simples de ser feito, e que dá um destaque especial à sua publicação.

Uma das grandes vantagens dessa ferramenta é apoiar as publicações que têm limite de caracteres, como o Twitter, por exemplo, que disponibiliza no máximo 140 caracteres. E nas demais mídias, usar um link encurtado torna a publicação mais limpa.

Usando uma URL completa, como o exemplo que dei acima, seria um enorme desperdício de espaço, às vezes impossibilitando a publicação em virtude do excesso de caracteres.

A grande sacada do Bit.ly é que ele tem um analytics fantástico. Isso significa que você poderá ver facilmente quantas vezes um link foi clicado, e acompanhar a evolução dos acessos da sua publicação.

3. Feedly

Uma das lições mais importantes que eu aprendi é que nenhum negócio, independente do tamanho, deveria publicar apenas sobre “eu, eu, eu!”.

Recentemente li um artigo que falava sobre as seis razões pelas quais as pessoas recebem unfollow no Twitter.

Se você só está postando sobre si, então você está perdendo o foco da rede social, que é sobre o compartilhamento de conteúdo de outras pessoas TAMBÉM.

As pessoas estão mais propensas a investir em você se você investir em outras, especialmente se você compartilha o conteúdo delas.

Mas como você encontrará esse conteúdo?

Eu tenho uma pasta no meu e-mail chamada “Conteúdo”, e criei uma regra para direcionar os e-mails que recebo dos sites em que me cadastrei. Existem vários sites que produzem bons conteúdos, e que valem a pena serem compartilhados.

Uma vez que você tenha mais de 10 sites favoritos, começa a ficar difícil ler todos os e-mails que chegam para selecionar os mais interessantes, e compartilhar nas suas mídias sociais. É aí que um leitor de feeds entra. Um aplicativo leitor de feeds RSS que leia todos os sites e blogs que você deseja manter contato.

Até há pouco tempo eu usei o Google Reader, mas como ele foi desligado, procurei uma nova alternativa. O meu favorito é o Feedly. Você pode usá-lo no seu navegador, ou no seu celular, e salvar um artigo para ler mais tarde, ou para compartilhar instantaneamente.

4. Mailchimp

Sempre me perguntam: “Priscila, que opção você recomenda para eu criar listas e enviar e-mails para os contatos da minha empresa?”. Em todas as vezes sou categórica na resposta: “Use o MailChimp!”.

Ele é um serviço de envio de e-mail marketing e de newsletter, com um longo e comprovado histórico de sucesso.

Presentes no mercado desde 2001, o MailChimp tem conquistado usuários ao longo dos anos, transformando-os em verdadeiros fãs, como é o meu caso, por exemplo. 🙂

As mídias sociais são importantes, mas não podemos nos esquecer do e-mail!

Existem opiniões diferentes sobre a sua importância. Alguns defendem a ideia de que o e-mail está desaparecendo. Sinceramente discordo disso, por várias razões, e algumas delas são:

  • Quando alguém se registra numa rede social, ela precisa de um e-mail válido para confirmar o cadastro;
  • quando alguém efetua uma compra online, ela precisa informar o seu e-mail para receber informações sobre o processo da compra;
  • profissionais em busca de recolocação profissional colocam o endereço de e-mail em seu curriculum.

Estou errada?

Construir o seu próprio mailing, ou seja, a sua lista de e-mails dos clientes atuais e dos possíveis, é vital para todos os negócios, e nas empresas isso não é diferente.

O MailChimp torna isso tão fácil, e você ainda pode adicionar mais informações, tais como dados demográficos (idade, sexo, localização, etc.).

Outro fator importante é que ele é responsivo, ou seja, o leitor conseguirá visualizar, de forma amigável, o conteúdo que você enviar no e-mail caso abra pelo celular ou tablet.

Um dos aspectos que mais gosto no MailChimp, além do de ter um design intuitivo, layout limpo e acesso rápido às principais informações da campanha, é que até 2.000 assinantes o plano é gratuito.

Mas quando a sua lista ultrapassar esse número, não se preocupe, os preços são muito razoáveis (os custos dos planos começam a partir de US$ 10 por mês), por isso não deve ser um problema.

5. LastPass

Quantos sites e aplicativos que você usa exigem uma senha?

Como você se lembra da senha?

Você usa a mesma senha para tudo?

Como o nosso tempo é um dos ativos mais preciosos e escassos, precisamos buscar alternativas para manter a nossa segurança nas redes sociais. O LastPass permite que você tenha essa segurança, e ainda, você nunca precisará lembrar mais de uma senha.

Eu o recomendo porque usá-lo é muito mais fácil do que você pode imaginar.

Eu sei que muitas pessoas usam a mesma senha em todos os seus sites, mas o que pode acontecer se um hacker apoderar-se dela?

Isso significa que ele poderia ter acesso a todas as suas contas e bloqueá-las, ou te gerar outros tipos de dor de cabeça.

O LastPass funciona no seu navegador ou no seu celular. Uma vez que você digite a sua senha LastPass, ele preencherá automaticamente todos os seus usernames e senhas para você nunca ter que lembrá-los novamente.

Minha recomendação, uma vez que você tenha instalado o LastPass, é investir o seu tempo em mudar todas as senhas para uma mais segura.

6. Canva.com

Outro recurso importante para gerir as suas redes sociais é o Canva.com.

Se você é como eu, que tem dificuldades para criar artes, seja eBooks, imagens inspiradoras, capas das redes sociais e todo arsenal necessário para tornar a sua presença digital mais profissional, experimente usar o Canva.com.

Lá tem vários frames, ícones e outros recursos gratuitos que vale a pena conferir.

Lembrando que o trabalho de um web designer é insubstituível, mas se você está começando ou com poucos recursos, essa pode ser uma boa alternativa.

Essas são as 6 ferramentas de gestão de mídias sociais que todas as empresas precisam conhecer.

Claro que existem outras opções, e se você as conhece, compartilhe nos comentários, e nos ajude a construir um conhecimento coletivo. Isso é bom para todos!!

Tags : Gestão de ConteúdoMídias SociaisRedes Sociais
Priscila Stuani

Autora Priscila Stuani

Graduada em Marketing (UAM), Pós-graduanda em Neurociência aplicada à educação (UAM). Depois de atuar no mercado de serviços B2B por 7 anos, me tornei facilitadora do aprendizado, faço a interface entre o aluno e a teoria/prática. Também estou focada em apoiar profissionais no processo de criação de posicionamento no ambiente digital através do conteúdo para blogs e redes sociais.