fechar
LifeStyle

Pessoas tóxicas: 9 tipos de pessoas que você deve evitar na sua vida

Talvez você conheça alguém que gosta muito, mas que às vezes é uma pessoa muito negativa ou infeliz.

Sem perceber, você está cercado por pessoas tóxicas todos os dias da sua vida: no trabalho, nos eventos sociais, na sua família e amigos…

Pessoas tóxicas são aquelas que transmitem um sentimento negativo ou geram um ambiente ruim que pode te afetar. Eles não precisam falar muito para transmitir seu pessimismo, mas por alguma razão somos consumidos por estes sentimentos, muitas vezes ruins.

E, como qualquer tipo de toxina, você deve limitar sua exposição a essas pessoas tóxicas ou, pelo menos, estabelecer certas barreiras que o protejam.

Além disso, às vezes você pode ser aquele que está optando por esses comportamentos.

Então, deixarei uma série de sinais para identificar se você está cercado por pessoas tóxicas, ou se você está se comportando como uma.

Digo isso porque certa vez na faculdade eu me peguei com esse comportamento e depois que entendi o que é ser uma pessoa tóxica fiquei bem chocada e pensava: como assim eu sou uma pessoa tóxica?

Explico-me… eu tinha uma colega na faculdade, sempre fazíamos os trabalhos juntas, iamos embora juntas… lembro que um dia estávamos no metrô, e eu falava que tinha que voltar para casa, que era muito longe, que eu estava cansada, com frio e com fome, ou seja, praticamente um drama mexicano.

E ela sempre me motivava, exaltava meus pontos positivos e eu sempre respondia falando que ok, mas que eu morava longe, que estava com sono, fome e frio… não passou muito tempo, essa colega começou a se afastar de mim, começou a fazer trabalho com outros colegas, já não voltava mais de metrô comigo, não respondia minhas mensagens.

Tempos depois me dei conta que o meu comportamento tóxico pode ter me separado dessa colega e eu não a culpo.

Perdi essa amizade mas ficou o alerta para tomar cuidado em não ser aquele tipo de pessoa que só reclama da vida.

Tem dias que não estamos legal e tudo bem, não somos máquinas programadas para sermos 100% do nosso tempo felizes. Mas o pulo do gato é: não se deixar contaminar pelo hábito de reclamar, de se achar e outros tantos que veremos a seguir.

Tipos de pessoas tóxicas que você deve evitar na sua vida:

Pessoas arrogantes

Existe uma grande diferença entre a arrogância e a autoconfiança.

A confiança inspira outros, enquanto a arrogância intimida.

Arrogantes são o clássico tipo de pessoas tóxicas que assumem que sempre sabem mais do que o resto, e por isso se sentem superiores.

Aqueles que sempre são vítimas

Um dos piores tipos de pessoas tóxicas que você pode encontrar na vida são aqueles que estão sempre sofrendo, que são “vítimas da vida e suas conseqüências”. (Digo por experiência própria).

Eles olham seus erros e sempre acham alguém culpado. Eles nunca serão responsáveis ​​por suas ações, muito menos interessados ​​em aprender a ser uma pessoa melhor.

Aqueles que querem controlar tudo

Eles sabem absolutamente tudo, e eles sabem como fazê-lo melhor do que o resto. No entanto, no fundo, essas pessoas são extremamente inseguras. Em outras palavras, essas pessoas sofrem de uma complexa insegurança emocional.

O problema de se aproximar das pessoas tóxicas é que você nunca terá a oportunidade de dar sua opinião ou de ser ouvido.

Você vai perceber que quando você fala, eles assumem que eles já sabem o que você vai dizer. E quando eles ouvem você, eles o fazem para responder e não para realmente conhecer o seu ponto de vista.

O invejoso

Essas pessoas tóxicas nunca aprenderão a ser felizes, porque nunca estão satisfeitas com o que têm e são incapazes de sentir alegria pelas conquistas e triunfos dos outros.

Aqueles que mentem constantemente

O problema com as pessoas que mentem cronicamente é que você não sabe mais no que acreditar, você não sabe mais o que é verdadeiro ou o que é uma mentira.

Você não pode mais confiar em suas palavras, promessas e juramentos. Eles simplesmente mentirão para você como eles fazem para os outros.

Eles vão falar sobre você, como eles falam sobre os outros com você.

Pessoas negativas

Você provavelmente conhece alguém que vive com ressentimento, raiva ou suspeita. São pessoas que não sabem lidar com o estresse de sua vida.

Aqueles que são dominados pela ganância

Vivemos em uma sociedade que faz você querer mais e se pergunta como ser um milionário da maneira mais rápida.

E isso é bom até certo ponto. No entanto, quando seu único objetivo é monopolizar e possuir tudo, e você não está interessado nos meios para alcançá-lo, é quando se torna uma atitude tóxica.

Aqueles que são dominados pela ganância, são pessoas tóxicas que estão mais interessadas em conquistar tudo, onde a vida importa cada vez menos e justificam seus comportamentos para atingir seus objetivos no lugar certo.

Pessoas que julgam

Há uma grande diferença entre uma crítica objetiva e simplesmente julgar e criticar a outra pessoa.

Essas pessoas tóxicas que constantemente julgam os outros, geralmente chegam a conclusões erradas.

São pessoas com critérios tendenciosos que procuram em outros, comportamentos que refletem como eles são.

Além disso, uma pessoa que sempre julga é muito ruim em ouvir e se comunicar.

Portanto, a comunicação com eles é difícil. Você nunca estará certo com eles, não importa o que você diga.

Aqueles cuja profissão é fofoca

Eles falam sobre os outros sem saber se é verdade ou não. O ponto é que a fofoca serve para camuflar e esconder as inseguranças e os medos dessas pessoas.

Há poucas coisas pior do que fofocas. E, infelizmente, todos nós já fizemos. Todos caímos nos comportamentos das pessoas tóxicas, por isso não se trata de julgar ou criticar, mas de reconhecer essa falha e evitar cometer novamente.

Espero que este artigo seja o gatilho, o aviso para você trocar de rota assim que se der conta que está fazendo alguma dessas coisas ou quando se der conta de que seus amigos ou pessoas que você convive têm essas características.

Tags : CarreiraLifeStylepessoa tóxicaPriscila Stuani
Priscila Stuani

Autora Priscila Stuani

Blogueira graduada em Marketing, Pós-graduada em Neurociência aplicada à educação, atualmente estudante de Psicologia. Quero te ajudar a ressignificar o seu aprendizado através de técnicas de foco, criação de novos hábitos e autoconhecimento.